O pijama do Miguel – e os maus lençóis em que deixou a mãe

Spread the love

O Miguel tem um pijama novo. Estreou-o esta semana com a chegada das noites mais frias (até aqui, dormia de camisola e fralda e meias, dentro do seu saco cama). O ‘pijama é da colecção ‘A monster of beauty’ da Benetton (foi comprado no Freeport, por isso já deve ser do ano passado) e é a cara dele, de dentões desalinhados e ar tresloucado… e brilha no escuro! Parece, de facto, feito para o meu pequeno monstrinho.

O Martim olhou para o seu buda – como se refere carinhosamente ao mano – e soltou um daqueles «oooohhh, tão fofinho» de voz fininha que eu tanto gosto. Depois disse-me ‘mamã, quero um pijama igual ao do Miguel’.

Expliquei-lhe que o pijama tinha sido um presente do tio e que, infelizmente, não havia para o tamanho dele quando o tio o comprou – é a verdade. Aliás, de forma mais complexa ou mais simples, dependendo do tema, digo sempre a verdade ao Martim.

Problemas.

Aqueles olhos gigantes tornaram-se um pouco mais brilhantes do que o habitual – não no bom sentido – e foi quase em câmara lenta que vi um beiço crescer na direcção do chão (graças aos céus que havia chão para amparar tamanho beiço!). Sentou-se e baixou a cabeça. Choramingou.

(Há que dizer que, como de costume, enquanto o drama se abate nesta metade da sala, naturalmente o Miguel, totalmente insensível aos sentimentos do irmão, tenta exaustivamente coleccionar mais um galo na cabeça, entrando e saindo de um cesto de roupa muito pouco estável na outra metade da sala…).

Sentei-me ao lado dele e abracei-o com força. Propus-lhe pedir ao Pai Natal que trouxesse dois pijamas iguaizinhos, um para ele e um para o mano. Ainda não tinha terminado o ‘o que achas?’ e já as lágrimas se tinham evaporado e o bom tempo tinha voltado àquele sorriso generoso que só ele tem para dar.

Acabaram-se os problemas.

Pelo menos os dele, que os meus só começaram agora.

Onde raio vou encontrar dois pijamas (giros, entenda-se) iguais para os meus M’s??

Se calhar vou mesmo ter que ligar ao Pai Natal e ele que resolva!

(Agora a sério, aceito, agradeço, suplico, sugestões!!!)

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *