‘Ainda sou o teu amor?’

Spread the love

Pergunta-me ele com os olhos maiores do Mundo.

Sempre que faz algo que não deve.

Sempre que lhe franzo o sobrolho.

Sempre que pressente que me vou aborrecer com ele ou, não pressentindo, quer quebrar o meu embalo já zangado.

‘Ainda sou o teu amor?

É o que ele pergunta sempre.

Não sei se quer mesmo saber ou se é só uma maneira de contornar qualquer que seja a asneira que sabe que fez.  Ou talvez eu até saiba e prefira brincar ao faz de contar e fingir que não.

‘Ainda sou o teu amor?’

Diz ele baixinho e com uma voz doce como o som do mar num dia sem ondas.

‘Mamã… ainda sou o teu amor?’

Ele pergunta. Todas as vezes. E independentemente da razão porque pergunta, todas as vezes o meu coração cede. Sem excepção.

E lá acabo por lhe explicar, calmamente, o que correu menos bem daquela vez.

‘Ainda sou o teu amor?’

Ia zangar-me, mas já não vou. Estava a zangar-me mas tenho que parar. Porque aquela pergunta é importante e é preciso responder-lhe.

‘Ainda sou o teu amor?’

Abraço-o.

‘Claro que sim, Martim, vais ser sempre o meu amor’.

E torço… Torço para que saiba que é verdade.

 

Facebook Comments

One thought on “‘Ainda sou o teu amor?’

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *